Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




avisalah
 


Há dias de rezas

- profunda imersão da alma.

 

Há dias de gozo

- repletos de luxúria e futilidades.

Há dias de dor

- salivas e lágrimas cavalares.

Há dias de encontro

- eterno de breve.

Há dias de amor

- breves e eternos

gravados na alma.

Há dias seguidos de dias

que nos levam a semanas

meses sempres...

Amor!

Boa semana!



Escrito por avisalah às 19h16
[] [envie esta mensagem
] []





Uma sombra tenta ser diferente de mim

- inútil.

Controlo tudo e não aceito interferÊncias espúrias

sei do vento

e seus segredos.

Sei do mundo e suas dobras

truques e trapaças.

Só não sei o tamanho do seu amor

nem do meu desespero.

 



Escrito por avisalah às 19h14
[] [envie esta mensagem
] []





Recuperar o orgulho vascaíno é muito importante nesse momento de dificuldades trazidas pelo rebaixamento, porém alguns objetivos devem ser priorizados, principalmente, a volta pra primeira divisão.

Por isso a Copa do Brasil deveria ser esquecida.Está certo que ela encurta o caminho para  a Copa Libertadores,mas não adianta gastar forças com uma competição que já tem um favorito: Internacional.O time vascaíno é limitado e está anos luz  do time gaúcho. Daí , a necessidade de não gastar cartucho gratuitamente.

A série B é extensa e exige uma dedicação espartana para conseguir sucesso. Sem isso não haverá vitória e, consequentemente, a volta para a série A. O jogo contra o Paraná foi uma prova da limitação do elenco vascaíno que tanto contratou, porém ainda demonstra claras deficiÊncias.

Tenhamos foco, Dorival,e não percamos o rumo da nau.O VAsco tem a obrigação de ganhar a série B.É o que esperamos e desejamos.



Escrito por avisalah às 19h12
[] [envie esta mensagem
] []





Eu sou um ponto...

contínuo constante instante

Sem dar pausa absoluta

que não foge da luta

que condena as coisas absurdas

que o tempo torna comum.

Eu sou um ponto

partido em constante protesto

eu não me nego

a dizer a verdade

que dói e dilacera os obtusos.

Eu sou o desdentado

que sorri do mundo

moral aos pedaços.

Eu sou alguém sem começo ou princípios

que condena os falsos vícios.

Eu sou o que sou moeda

ou virtude

o que vier

sou o que sou.



Escrito por avisalah às 21h17
[] [envie esta mensagem
] []





Descia do morro com um pedaço de malandragem

Falava pelos cotovelos das vias

torcia o corpo desenvolto

nos sinais faróis que ousavam luzir.

Trazia uma carteira aberta

cidadão do mundo

no rumo das ventas

pedante errante do crime da lei

amorfa das ruas sem nome

nem rei.

Quem era você ali

pedaço melaço sambaqui.

quem era você morena atrevida

da pele moldada e tecida

de mel e carmim...

Quem era você certeza do verso

sem metro nem rima

sem forma e metafísica...

Quem era você paisagem perdida

o gigante adormecido

invisível pra muitos

eterna pra mim...

quem era você????

Um samba ou reggae

embalo ou cadÊncia

malemolência ou orgia

dos sentidos que insistem urgir...

Quem era você????



Escrito por avisalah às 21h09
[] [envie esta mensagem
] []





Amar pede compromisso e tempo.

Um pouco de humildade e quem sabe incertezas.

O amor não pode ser rotina

nem algo banal.

Amar pede surpresa e alegria

confetes e poesia.

Amar pede ombro, colo e coração

a proteção do outro que soe eternidade.

Amar soa cachaça

tresvario e confiança

pede um tanto de sacrifícios

outro tanto de irrelevâncias.

Amor convive com indiferença

Sem reconhecimento

sem agradecimentos.

Amor requer tempo

a fidelidade canina

o olhar materno

que guia os sentimentos

que cega razão.

Amar assim só mãe

quem  mais?...

quem mais?...



Escrito por avisalah às 20h19
[] [envie esta mensagem
] []





Dia das mães é todo dia.

Pode ser segunda-feira, tirando o resto de domingo que se acumula nos olhos e no corpo.

Pode ser terça-feira, quando a semana parece tocar as notas do início que nunca acabou.

Pode ser quarta-feira, quando muitas tarefas se multiplicam, os elogios se tornam breves e a labuta se acumula.

Pode ser quinta-feira, alguma coisa acumula e o tempo parece mais lento.

Pode ser sexta-feira, quando a festa toca em nossas portas, o telefone anuncia a promessa de felicidade.

Pode ser sábado, quando a feira, o carro, o quintal...tudo diz que a casa cheira nova e precisa de cuidados.

Pode ser domingo, como hoje, casa cheia,almoço e risos...tudo multiplica em promessas e celebra o amor diário e a paz de toda uma vida.

Pode ser , mãe, toda a poesia que tanto buscamos, que tanto amamos e pensamos que será eterna.

Felicidade, mãe!



Escrito por avisalah às 20h07
[] [envie esta mensagem
] []





Resposta ao tempo

Batidas na porta da frente é o tempo
Eu bebo um pouquinho pra ter argumento
Mas fico sem jeito, calado, ele ri
Ele zomba do quanto eu chorei
Porque sabe passar e eu não sei
Um dia azul de verão, sinto o vento
Há folhas no meu coração é o tempo
Recordo um amor que perdi, ele ri
Diz que somos iguais, se eu notei
Pois não sabe ficar e eu também não sei
E gira em volta de mim, sussurra que apaga os caminhos
Que amores terminam no escuro, sozinhos
Respondo que ele aprisiona, eu liberto
Que ele adormece as paixões, eu desperto
E o tempo se rói com inveja de mim
Me vigia querendo aprender
Como eu morro de amor pra tentar reviver
No fundo é uma eterna criança que não soube amadurecer
Eu posso, ele não vai poder me esquecer
Essa música desperta o passado e me faz amar ainda mais o presente.
Imperdível na voz de Nana Caymmi.
Boa semana!


Escrito por avisalah às 18h50
[] [envie esta mensagem
] []





Acredito que me roubes um pouco de vida

cada vez que me anuncias teu amor.

Acredito na tua mentira

nos seus olhos turvos.

Acredito que podes ser sincera

na mentira ensaida

ou usada com tantos outros.

Acredito que posso ser vassalo do tempo

dos erros que tanto repito

dos ombros que me consolam sem amor.

Tudo bem...preciso de sonhos

um pouco de tolerância.

Mas de que vale viver sem mentiras?

A verdade pune e cega...

e não anima sorrir.



Escrito por avisalah às 18h19
[] [envie esta mensagem
] []





domingo

Sagrado seja o domingo

voltado pra graça de Deus

celebrado nos braços do filho

mirado nos olhos da esposa.

Bento seja o domingo

de mesa e felicidade farta

de coração e ideias livres

para amar e ser amado.

Abençoado seja o domingo

de descanso

de puro ócio

sem negócios ou negociatas.

Alegre o domingo da filharada

do emprego adiado pra segunda.

Idolatrado seja o domingo

de botecos animados

praias entoadas

ruas sem nome.

Esquecido seja o domingo de vítimas

de gente que vaga sem cara

sem gosto sem cheiro.

Reflexivo seja o domingo de injustiças nos estádios

nas comunidades sem autoridade

nesse mundo de gripes

pandemias e violências múltiplas.

Que o domingo anuncie a esperança

da semana que rompe no toque fantástico.

Boa noite domingo!

Abençoada seja

Segunda!



Escrito por avisalah às 18h14
[] [envie esta mensagem
] []





Não me deixe só

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Não me deixe só
Tenho desejos maiores
Eu quero beijos intermináveis
Até que os olhos mudem de cor

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Não me deixe só
Que o meu destino é raro
Eu não preciso que seja caro
Quero gosto sincero do amor

Fique mais, que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem

Não me deixe só
Que eu saio na capoeira
Sou perigosa, sou macumbeira
Eu sou de paz, eu sou do bem mas

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Ah ah.ah ah ah ah ah aah
Ah ah.ah ah ah ah ah aah
Ah ah.ah ah ah ah ah aah

Fique mais, que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem

Não me deixe só
Que eu saio na capoeira
Sou perigosa, sou macumbeira
Eu sou de paz, eu sou do bem mas

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Ah ah.ah ah ah ah ah aah
Ah ah.ah ah ah ah ah aah
Ah ah.ah ah ah ah ah aah
Essa música é de Vanessa Da Matta e sua gravação ficou maravilhosa.
Quando puder, ouçam.
Bom sábado.


Escrito por avisalah às 22h13
[] [envie esta mensagem
] []





o homem

O Homem pode ser bom

mas reluz a face do mal.

O homem pode ser humano

mas revela-se na face da falta.

O homem pode selar a fé

mas semeia intolerância.

O homem pode ser ouro

mas se faz coração de lata.

O homem pode levar sorriso

mas deixa o choro espalhar-se em vento.

O homem pode erguer-se árvore

mas fica o seco fruto nos olhos.

O homem pode ser muito

mas adora fazer nada.

O homem fala muito

age pouco

vive menos

morre mais.

Até quando?



Escrito por avisalah às 22h10
[] [envie esta mensagem
] []





Jogos olímpicos no Rio? NÃO QUERO!!!

Os motivos são muitos e qualquer carioca de bom senso deveria comprar esse barulho.Mas vamos relacionar alguns legados pós Pan:

1º motivo:O que o povo carioca ganha com as Olimpíadas no Rio?E a cidade? Só vejo oportunistas que lucraram com o Pan se manifestando...e só.

2º  motivo: milhões foram gastos em obras que depois foram abandonadas ou foram alugadas a preços módicos, pois o poder público não tinha recursos para administrar as instalações.Como construir novas?A que custo?O PArque aquático Júlio Delamare está para ser destruído após um investimento de milhões para o Pan...foi o meu,o seu, o nosso cifrão...podemos ficar omissos diante desse fato?

3º motivo: como um país, uma cidade que não tem recursos para saúde e educação pode investir milhares de dólares para celebrar um evento esportivo?É muito desrespeito e descaso com o povo sofrido.Ah, e há uma crise tolhendo investimentos e levando vários países a reverem seus parâmetros. 

4º motivo: como um  país que não apoia atletas de diversas modalidades pode dizer que é uma pátria esportiva?Jade, os irmãos Hipólito, os judocas, o próprio Cielo , só para citar alguns, sofrem com a falta de patrocínio e passam inúmeras dificuldades . Ainda enfrentam o descaso do COB e de suas Confederações que nada fazem e apenas enriquecem dirigentes - envolvidos em diversos escÂndalos.

5º motivo: com tanta miséria nas ruas, favelas , buracos ,violência a torto e direito, como apoiar as Olimpíadas? Como colocar um sorriso no rosto com tanta hipocrisia no ar?

Quem lucra com essas Olimpíadas pouco se importa com o povo ou com o país. O Pan já nos mostrou o legado de denúncias e a incompetÊncia dos envolvidos.Errar é humano, insistir no erro é burrice.



Escrito por avisalah às 22h04
[] [envie esta mensagem
] []





Decisão do carioca e do paulista, a qual deles assistir?Não sou flamenguista nem botafoguense e não vejo nos dois times nenhum gênio da raça ou que valha a minha atenção.Em Sampa temos um: Ronaldo.

Acabado, gordo, baranga, aleijado...podem chamá-lo de qualquer coisa , porém ele é um jogador diferenciado,capaz de fazer jogadas  inesperadas.Sem ele, o Corinthians não teria ganhado a partida. Sem ele, não haveria a mágica e o delírio.Com ele, o futebol é espetáculo e vale a pena dizer que o esporte bretão é arte.

Agora, eu não vejo um futebol que celebra o perna de pau, o  botinudo, o truculento.Esse futebol andou pela final carioca e ficou marcado pela dor de Maicosuel e pelo banditismo de um tal Juan. Esse jogador mediano, de caráter duvidoso, deveria ser suspenso para servir de exemplo a outros que ousam dizer que o drible humilha.Se não bastasse bater, houve a forma intimidatória, como fazem os bandidos com suas vítimas indefesas.E para fechar o caixão, o esquentadinho ainda dá entrevista dizendo que não houve nada demais.Foi coisa de jogo.

Senhor Juan, o senhor tende a cair no esquecimento.Suas atitudes demonstram o seu caráter e só flamenguistas poderão apoiá-lo ou saudá-lo( não se sabe até quando).Bateu no mais habilidoso e intimidou de forma vil porque o outro é bobo. Aprenda a jogar futebol ou mude de profissão. Pelo salário que ganha deveria mostrar mais competência.

Fica uma pergunta: se Juan levasse o drible de letra do Ronaldo, ele também bateria no Redonducho?



Escrito por avisalah às 00h06
[] [envie esta mensagem
] []





Domingo - Titãs

Não sei o que fazer
Não sei o que fazer
Eu saio por aí
Sem ter aonde ir

Não é sete de setembro
Nem dia de finados
Não é sexta-feira santa
Nem um outro feriado

E antes que eu esqueça aonde estou
Antes que eu esqueça aonde estou
Aonde estou com a cabeça?

Tudo está fechado
Tudo está fechado
Domingo é sempre assim
E quem não está acostumado?

É dia de descanso
Nem precisava tanto
É dia de descanso
Programa Sílvio Santos

E antes que eu confunda todo mundo
Antes que eu confunda o domingo
O domingo com a segunda

Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar
Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar

Tudo está fechado
Tudo está fechado
Domingo é sempre assim
E quem não está acostumado?

É dia de descanso
Nem precisava tanto
É dia de descanso
Programa Sílvio santos

E antes que eu confunda todo mundo
Antes que eu confunda o domingo
O domingo com a segunda

Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar
Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar
Até o próximo, até o próximo, até o próximo domingo
Até o próximo, até o próximo, até o próximo domingo

Hoje não quero pensar.Fiquem com as palavras sábias e titânicas.

Bom domingo!



Escrito por avisalah às 10h16
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]