Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




avisalah
 


Eu sou um ponto...

contínuo constante instante

Sem dar pausa absoluta

que não foge da luta

que condena as coisas absurdas

que o tempo torna comum.

Eu sou um ponto

partido em constante protesto

eu não me nego

a dizer a verdade

que dói e dilacera os obtusos.

Eu sou o desdentado

que sorri do mundo

moral aos pedaços.

Eu sou alguém sem começo ou princípios

que condena os falsos vícios.

Eu sou o que sou moeda

ou virtude

o que vier

sou o que sou.



Escrito por avisalah às 21h17
[] [envie esta mensagem
] []





Descia do morro com um pedaço de malandragem

Falava pelos cotovelos das vias

torcia o corpo desenvolto

nos sinais faróis que ousavam luzir.

Trazia uma carteira aberta

cidadão do mundo

no rumo das ventas

pedante errante do crime da lei

amorfa das ruas sem nome

nem rei.

Quem era você ali

pedaço melaço sambaqui.

quem era você morena atrevida

da pele moldada e tecida

de mel e carmim...

Quem era você certeza do verso

sem metro nem rima

sem forma e metafísica...

Quem era você paisagem perdida

o gigante adormecido

invisível pra muitos

eterna pra mim...

quem era você????

Um samba ou reggae

embalo ou cadÊncia

malemolência ou orgia

dos sentidos que insistem urgir...

Quem era você????



Escrito por avisalah às 21h09
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]